Determinantes para o alinhamento entre a gestão da manutenção industrial e o planejamento estratégico

Leandro Oliveira dos Santos, Diego Augusto de Jesus Pacheco

Resumen


Este estudo tem como objetivo apresentar uma proposta de desenvolvimento da gestão de manutenção industrial tendo o alinhamento ao planejamento estratégico como ponto central. Para responder aos objetivos específicos traçados de identificar a importância do alinhamento entre a gestão da manutenção com o planejamento estratégico da empresa, apresentar tipos de indicadores, identificar a importância dada pela empresa em relação ao alinhamento entre os objetivos de manutenção e o planejamento estratégico e analisar a competitividade estratégica das práticas de gestão da manutenção da empresa, utilizouse a metodologia de revisão da literatura e um estudo de caso. O mesmo foi utilizado como complemento e a analogia para com a situação real do caso em questão, para o qual foi elaborada e aplicada uma entrevista em profundidade com abordagem de ordem qualitativa. Conclui-se que o alinhamento da manutenção ao planejamento estratégico é de grande importância para sobrevivência da empresa, que a competitividade estratégica do setor de manutenção é fraca no momento atual e que a empresa passa por uma fase inicial em busca do alinhamento entre as áreas. Assim como, pode-se concluir que o conhecimento do planejamento, a criação de objetivos e indicadores ligados ao planejamento estratégico e a definição de caminhos estratégicos para o setor são fatores críticos para se conduzir o alinhamento da manutenção ao planejamento estratégico da empresa.


Palabras clave


gestão da manutenção; planejamento estratégico; alinhamento

Texto completo:

PDF

Referencias


ALVES, R., and FALSARELLA, O. Modelo conceitual de inteligência organizacional aplicada à função manutenção. Gestão e Produção, abr./jun, 2009, São Carlos, vol. 16, no.2, p. 313-324.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. 4. ed. Lisboa: Edições 70, 2010.

BARROS, J. F. do R., and LIMA, G. B. A, 2011. A gestão da manutenção no plano estratégico dos empreendimentos industriais. [online] In : VII CONGRESSO NACIONAL DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO: Agosto 12-13, 2011. [citado: 201-11-14]. Disponible en: http://www.mantenimientomundial.com/sites/mm/notas/T11_0381_1830.pdf.

BIASOTTO, E. Aplicação do BSc na Gestão da TAM: estudo de caso em indústria de processo. 157 f. 2006. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, 2006.

BRISTOT, V. Estudo para implementação de sistema de gestão de manutenção e, indústrias de conformação de revestimentos cerâmicos. 152 f. Tese (Doutorado em Metalurgia) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Minas, Metalurgia e Materiais, Escola de Engenharia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, 2012.

CHIAVENATO, I. Introdução da teoria geral da administração. 5. ed. São Paulo: Makron Books, 1997.

DIAS, S. et al. Alinhamento entre sistemas de produção, custo e indicadores de desempenho: um estudo de caso. Revista Produção On Line, Florianópolis, vol. 7, no. 2, p. 144-169, ago. 2007.

FAVONI, C., GAMBI, L., and CARETA, C. Oportunidade de implementação de conceitos e ferramentas de produção enxuta visando melhorias da competitividade de empesas do APL calçadista de Jaú/SP. Revista Produção On Line, jul./set. 2013, Florianópolis, vol. 13, no. 3, p. 1018-1142.

GIL, A. Como elaborar projeto de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

KAPLAN, R.; NORTON, D. Alinhamento: utilizando o balanced scorecard para criar sinergias corporativas. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

KARDEC, A., and RIBEIRO, H. Gestão estratégica e manutenção autônoma. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2002.

LINDERMANN, J., and HANSEN, P. Utilização de métodos de apoio à decisão para decisões estratégicas: o caso da manutenção de embarcações de transporte de cargas. Revista Administração Mackenzie [online]. 2008, vol. 9, no. 2, [citado: 2014-11-14], pp. 173-200. [Disponíble en]: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1678-69712008000200009&lng=es&nrm=iso. ISSN 1678-6971. http://dx.doi.org/10.1590/S1678-69712008000200009.

MARCONI, M., and LAKATOS, E. Fundamento de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MARTINS, T., CRUZ, J., and CORSO, J. O impacto da implementação do balanced scorecard no desempenho financeiro. Revista Gestão e Planejamento, jan./jun. 2011, Salvador, vol. 12, no. 1, p. 61-73.

MATTAR, F. Pesquisa de marketing. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

MESQUITA, F. et al. Analise bibliométrico: avaliação e medidores de desempenho. In: Encontro Nacional de Engenharia e Produção (33°:2013:Salvador ) ENEP. 2013.

OLIVEIRA, V., MARTINS, M., and VASCONCELOS, A. Entrevistas “em profundidade” na pesquisa qualitativa em administração: pistas teóricas e metodológicas. In: Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais [en línea] 2012, vol 15, p. 1-12. São Paulo, Brasil. FGV; EAESP. 2012. [citado: 14 nov. 2014]. [Disponível em]: http://www.simpoi.fgvsp.br/arquivo/2012/artigos/E2012_T00259_PCN02976.pdf.

OTANI, M., and MACHADO, W. A proposta de desenvolvimento de gestão da manutenção industrial na busca da excelência de classe mundial. Revista Gestão Industrial, 2008, Ponta Grossa, vol. 4, no. 2, p. 01-16.

PAIXÃO, M. Pesquisa e planejamento de marketing e propaganda. Curitiba: Inter Saberes, 2012.

PIMENTEL, H., LIMA, A., and NOBREGA NETO, S. Emprego dos indicadores de manutenção classe mundial nas indústrias da Paraíba. In: Anais 7° CONGRESSO NORTE NORDESTE DE PESQUISA E INOVAÇÃO. Palmas, 2012.

PRODANOV, C., and FREITAS, E. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2013.

SANTOS, W., COLOSIMO, E., and MOTTA, S. Tempo ótimo entre manutenção e preventivas para sistemas sujeitos a mais de um tipo de evento aleatório. Gestão e Produção, jan./abr. 2007, São Carlos, vol. 14, no. 1, p. 193-202.

SEVERIANO FILHO, C., and LESSA, L. Critérios no delineamento de medidas de produtividade para avaliação do desempenho organizacional. In: 19 SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, nov. 2012.

SLACK, N. et al. Administração da produção. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

VIANA, W. et al. Alinhamento estratégico e indicadores de desempenho: um estudo para integração de processos de gestão da qualidade. Revista Produção On Line, 2010, Florianópolis, vol. 10, no. 1, p. 26-48.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2016 Revista Ingeniería Industrial

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional.