Uso de água residual do ar condicionado e de agua pluvial como gestão da oferta em uma edificação comercial: estudo de caso

  • Celso Silva Bastos Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória
  • João Luiz Calmon Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória
Palabras clave: aproveitamento de água de chuva, construções verdes, sustentabilidade

Resumen

O conceito do uso racional para a conservação de água consiste na gestão da demanda e da oferta de água, com ações voltadas para o fornecimento de fontes alternativas visando suprir o uso em áreas menos nobres por águas de qualidade inferior. Este trabalho tem por objetivo mostrar a aplicação de um sistema que aproveita a água drenada dos evaporadores de ar-condicionado e das águas pluviais como fontes alternativas. Verificou-se que cada evaporador produz 4,8 litros/água/hora, considerando 10 horas de uso diário, o volume acumulado chegaria a 48 litros/dia por aparelho que multiplicado pelo total de 137 unidades chega-se ao volume diário de 4.298 litros o que representa 77,72% da demanda das descargas sanitárias que é de 5.530 litros/dia. Em relação ao aproveitamento de águas pluviais, a previsão de acumulação refere-se a 10% da área do terreno que multiplicado pelo índice de 0,05 e pela retenção de 1 hora, obtém o volume de 14,8 m3 . Pretende-se com essa prática, alcançar uma redução significativa do volume de água potável, hoje utilizada praticamente para a realização de todas as atividades, contribuindo assim para uma obra mais sustentável, minimizando os impactos ambientais causados pela construção.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
2013-12-31
Cómo citar
Bastos, C., & Calmon, J. (2013). Uso de água residual do ar condicionado e de agua pluvial como gestão da oferta em uma edificação comercial: estudo de caso. Hábitat Sustentable, 3(2), 66-74. Recuperado a partir de http://revistas.ubiobio.cl/index.php/RHS/article/view/436
Sección
Artículos

Agencias de apoyo